• Home
  • Posts RSS
  • Comments RSS
  • Edit
  • ﻼO Vingador do Futuroﻼ

    sexta-feira, 9 de novembro de 2012
    Como vi que falar sobre filmes aqui dá certo, vamos continuar, né? Afinal, a gente não meche em time que está ganhando! - nem sei se é assim que se diz. Enfim. - Dessa vez quero apresentar para vocês um filme mais recente, que eu assisti quando estava em cartaz nos cinemas, mas só tive oportunidade de postar agora devido ao meu planejamento. Trata-se do remake de O Vingador do Futuro (Total Recall), que foi estrelado originalmente por Arnold Schwarzenegger.

    A premissa da nova versão envolve uma disputa entre os estados-nações Euroamerica e New Shanghai. Vilos Cohaagen (Bryan Cranston) é o líder de Euroamerica, que secretamente prepara uma invasão do estado-nação asiático sob o pretexto de defender o povo euroamericano. Farrell faz Quaid, um operário de fábrica em New Shanghai que começa a acreditar que é um espião (para qual lado, ele não sabe). - (Sinopse extraída do Filmow).

    Não sei se gostar de remakes prestigia ou desvaloriza minha vida de cinéfilo, só sei que me divirto bastante com eles. Releituras são sempre dolorosas para os mais conservadores - especialmente aqueles que viveram a época de nascimento dos grandes clássicos -, mas não há como negar que a tecnologia e a visão de outro diretor pode melhorar muitos aspectos de uma produção antiga. Falando sobre O Vingador do Futuro, eu me lembro de que, quando criança, via suas exibições dubladas na Sessão da Tarde - creio eu que com algumas cenas cortadas - e achava hilário os momentos de exposição ao sol que fazia os olhos das pessoas se esbugalharem. Aqui não temos isso.

    Colin Farrel: Confesso que nunca fui muito fã do trabalho desse ator, o que não me fez necessariamente torcer o nariz diante de sua aparição. Na realidade, eu estava curioso em relação a isso, já que o único filme em que pude ver realmente um pouco do seu trabalho foi em Demolidor - O Homem Sem Medo, no qual ele tinha uma vilã pontaria de matar - literalmente. Não me decepcionei. As nuanças externalizadas pela complexidade de seu personagem foram bem agradáveis. Sim, ele interpreta quase que duas personalidades, pois por meio da tecnologia futurista do filme, ele pode se comunicar por mensagens deixadas em hologramas por ele mesmo antes de perder a memória em meio ao caos em que se encontra. Para quem não sabe da história, ele passa o filme inteiro tentando recuperar sua identidade, que foi adulterada em função dos perigos de sua vida de espião. Isso traz a ele inúmeros problemas que precisam se uma solução urgente, já que sua vida passa a depender disso no momento em que ele descobre toda a enganação que sua vida se tornou.

    Kate Beckinsale: Não tive como não babar o filme inteiro cada vez que esse espetáculo em forma de gente dava o ar de sua graça. Já admirador de sua forte presença na franquia Anjos da Noite, eu gostei muito de ver Beckinsale em cenas de ação mais humanas. O papel dela no filme é de pseudo-esposa do personagem de Farrel. Sendo uma espiã disfarçada que zela para que seu "marido" não desconfie de nada do seu passado, ela surta ao perceber que o que mais temia acontece. Começa, então, uma caçada voraz que coloca todos os seus momentos de amor fingido por água abaixo. Ela passa o filme inteiro dando ordens e berrando para não perder seu alvo querido que, a cada momento, chega mais perto da verdade. Gostei muito do fato de ela não ter me lembrado em nada a vampira Selene, mesmo tendo em comum com ela o fato de passar boa parte do filme com armas na mão. Tendo até a oportunidade de encontrar um de seus colegas de franquia em uma das cenas - deixo isso para os mais informados -, ela cumpre com louvor seu papel simples e eficiente.


    Jessica Biel: Não há como juntar Beckinsale e Biel e dizer que isso já basta para valer o ingresso. Apresento a vocês a verdadeira mulher do personagem de Farrel, que a tem deletada de sua mente pela infeliz consequência da vida de espião. O encontro entre os dois, que acontece de forma inusitada e extremamente conveniente, dá sequência a mais uma série de cenas fervilhantes de ação. Apesar da falta de memória do seu perdido esposo, ela o visita em seus sonhos e o faz levantar profundos questionamentos sobre o seu passado, o qual ela mesma o ajuda a desvelar. Sou extremamente fã da atuação dessa moça que, desde que a vi no remake de 2003 de O Massacre da Serra Elétrica, consegue mostrar conforto e serenidade mesmo em seus papeis mais dramáticos. Extremamente companheira e auxiliar de seu marido, tornando-se conselheira e corajosa em vários momentos, ela torna-se peça fundamental para o desfecho da trama que mostra a infeliz barreira quase que intransponível das diferenças sociais mesmo em um mundo futurista, desenvolvido e totalmente renovado pela tecnologia avançada.


    Não posso deixar de fazer minhas considerações finais falando sobre o que isso tem a ver com o Raízes Firmes. Uma das coisas que mais me chamou atenção no filme foi o processo de recuperação de memória do personagem de Farrel, o qual sempre tinha alguém para dar pitaco em sua vida. Chegando ao ponto de ele não se sentir à vontade para expressar seus sentimentos e ambições, eu pensei: "Até onde você deixa as pessoas dizerem quem você é?". Ditar regras e padrões para a vida dos outros é fácil e cômodo, difícil é fazermos uma auto-análise e ver como o nosso passado se arranja em nosso presente. Mesmo que não sejamos espiões vivendo uma vida de risco dia após dia, somos pessoas que batalham incessantemente por um dia de amanhã que possa nos trazer realizações e sossego. Isso, contudo, só é possível de se encontrar quando estamos bem conosco e com Deus.


    Para assistir ao trailer do filme, clique AQUI.

    Porque, como imaginou no seu coração, assim é ele. Come e bebe, te disse ele; porém o seu coração não está contigo.
    Provérbios 23:7



    43 firmaram raízes:

    1. Isie Fernandes disse...:

      Oi, Heitor. Paz, querido!

      Ainda não assisti a esse filme, mas me lembro das versões anteriores. Eu não gostava muito, não, ficava tensa com os cyborgs do futuro. rsrs... Ai, eu amo a Jessica Biel! Achei o elenco maravilhoso, gosto muito dos outros atores também.

      Ótima reflexão! ;)

      Beijos,

      Isie Fernandes - de Dai para Isie

    1. David Germanotta disse...:

      Já tinha assistido uma versão anterior, mais infelizmente não curti ... por isso nem me atrevo a assistir está.

      David - Leitor Compulsivo

    1. L. disse...:

      Eu assisti a versão antiga e gostei bastante, apesar de não ir com a cara do schwarzenegger. Sendo o filme anterior esse clássico da ficção cientifica, fiquei com receio de assistir essa nova versão. Acho que apesar de não ter vivido numa época passada, faço parte destes conservadores. Generalizando, remakes nunca são lá muito bons e eu dificilmente vejo sentido neles.
      Mas enfim, gostei muito da sua analise no final, deu pra ver que tirou boas lições do filme. É muito bom quando a gente consegue contextualizar assim. =D

      Beijos.

    1. Livroterapia disse...:

      Gostei da indicação!
      Vou tentar assistir!

      Beijos
      Rízia Castro - Livroterapias
      http://livroterapias.blogspot.com.br/

    1. Marcelo disse...:

      Não assiti esse filme, eu já assisti um filme do Exterminador do Futuro pois eu era viciado em um joguinho do mesmo.

      Gosto de remakes que seguem o original sem muitas alterações que não fique muito diferente do original.

      Quando assito um filme dificilmente presto atenção nos ateroe, para saber que são e tal só o Jonny Dep mesmo que é muito famoso e não tem como não saber que é ele

    1. Luzia Medeiros disse...:

      Confesso que assisto mais romance e comédia.

      beijos.

    1. Daniel disse...:

      Gostei muito da indicação amigo, vou marcar bem para assistir ao final de semana. Seu dia como que está? eu estava meio sumido porém agora estou retornando aos poucos.
      Dan

    1. PauloSilva disse...:

      Sim. Eu fechei por algum tempo, larguei tudo. Mas a saudade me fez voltar.
      Uma feliz semana!

    1. Patrícia N. disse...:

      Selo pra ti lá no blog :) http://complicatedimperfect.blogspot.com.br/2012/11/selo.html

    1. Alexandre Lucio Fernandes disse...:

      A primeira versão é clássica, e teve muita visibilidade por conta da atuação de Arnold Shwarznegger. Mas não seguia tão bem o romance quanto este ultimo, que particularmente adorei muito, pelo ritmo e adrenalina que tem. Muita ação e muita reviravolta. O Vingador do Futuro é realmente bom.

      Ótima análise Heitor. Você argumenta e escreve com maestria. Não saberia escrever nem metade disso rs

      Abração!

      Aparece sempre!

    1. Jacques disse...:

      Olá, Heitor.
      Ainda não assisti a esse remake; o original é um clássico (e seu diretor, Paul Verhoeven, é ótimo), embora tenha sido considerado meio confuso quando foi lançado, em 1990.
      Este trio de atores é excelente, e creio que meu filme preferido de Colin Farrel seja Minority Report, do Spielberg.
      Sobre o Governator Scwarzeneger, ele voltará a interpretar o Conan, em 2014.
      Um filme que vi hoje e acho que gostarias de assistir é Prometheus, que trata da questão mais antiga da humanidade: qual a razão de nossa existência?
      Abraço, Heitor.

    1. Marcelle Pires disse...:

      nunca assisti nem o normal
      usahushaushaush
      eu sou uma pessoa q nao sei ser muito fã de algumas coisas tanto q nao conheço nenhum dos atores q vc descreveu q participou de filme tal e era de tal jeito
      kkkkkkkkkkkkkkkkkk
      assisto mais pela história porem gosto de filmes
      se tem ação é a minha cara e pelo q vc disse da mulher com armas e tal's deve ser firme ;D

      radiopires.blogspot.com

    1. Clau disse...:

      Oi Heitor :)
      Embora não seja meu gênero preferido de filme,fiquei até com vontade de assistir 'O Vingador do Futuro'.
      Obrigada pela dica.
      Suas 'considerações finais',acrescentaram e muito o post.
      Bjs!

    1. Juliana Guedes disse...:

      Nossa ainda não assisti esse filme. Mas parece ser ótimo vou assistir esse fim de semana sem dúvidas., amei a dica.
      beijos

    1. Paloma Viricio disse...:

      Vou ser sincera e dizer que não curto muito filme nesse estilo. Mas adoro suas postagens porque quando fala sobre um assunto são sempre completinhas.
      Beijos!
      Paloma Viricio- Jornalismo na Alma

    1. Dayane disse...:

      Já ouvi falar bastante nesse filme, mas ainda não assisti parece ser muito bom, estou querendo vê uns filmes essa semana, vou vê se consigo vê esse ai depois eu te falo o que achei :D
      bjinhos
      conversando-com-a-lua.blogspot.com.br

    1. Bento Sales disse...:

      Olá, amigo Heitor!
      Rapaz, a princípio, fiquei meio desconfiado se Colin Farrel iria dar conta, pois Arnold Schwarzenegger é cara deste filme,no entanto, apesar de não ter assistido a ele, percebi pelas críticas e resenhas que Farrel deu conta, sim, e com méritos.
      O filme aqui está muito bem apresentado pela resenha e análise que fizeste.
      Continue nos brindando com textos assim, sobre filmes.

      Ah, sobre os desenhos em meu blog, vi que minha filha tinha muitos desenhos (cerca de 200), então, conforme minha postagem, escolhia um mais pertinente, no entanto, certa vez, eu não encontrei um desenho que servia para publicação e ela vendo, disse-me que eu poderia dizer como queria que ela faria para mim. Assim faço: conforme a postagem, peço para ela fazer o desenho.

      Abraços e ótimo fim de semana para ti e família.

    1. Thalita Paiva disse...:

      Heitor, fiquei um tempo sem entrar e não estava vendo essas suas ''novas'' publicações. Amei a ideia, nos estimula a largar um poucos os livros para ver um filminho né? Assim nos mantém ''atualizados''. Hehehehehe.

    1. Andressa Pereira disse...:

      Não sou muito chega a esse tipo de filme, mas não posso deixar de dizer que sua observação é tocante. Eu ao menos, senti certa pontada de que as coisas não são como deviam ser sabe? O fato de que não dou as pessoas essa liberdade, o fato de que eu nunca me analiso...
      Beijos

    1. Aline Teles disse...:

      Eu ainda não vi esse filme, por falta de tempo. Eu adorava "O Vingador do Futuro", espero que essa nova versão seja legal. O ator Colin Farrel é um ator mediano, na minha humilde opinião. Gostei muito do filme S.W.A.T, na qual o mesmo protagonizou. Espero gostar desse remake, pois o Colin substituir o Arnold Schwarzenegger é de ficar com um pé atrás, risos.... Quando eu assistir esse filme, vou vir aqui para dar o meu pitaco, risos. Beijinhos e uma ótima semana para você.

    1. Marcos de Sousa disse...:

      Ainda não vi esse filme, mas acredito que seja melhor que o original. O tempo passou, a tecnologia avançou e acredito que algumas cenas foram melhor trabalhadas por causa desse aspecto.

      O mundo sob o meu olhar

    1. Shizu disse...:

      Hey~ Tava passeando por um blog e acabei encontrando o seu, que alias é muito bonito ♥ por isso resolvi te convidar a participar no Blog Destaque lá na minha pagina, oque você acha? Se tiver interesse dá uma passadinha rapida lá no meu blog para saber como aparecer lá ^^ mas se não tiver interesse então desculpa o incomodo, tenha uma Boa Semana!

      http://himi-tsu.blogspot.com.br/

    1. The Lazy Girls disse...:

      Oi Heitor, eu particularmente não gosto muito de remakes, sou muito apegada as versões originais, e quando eu assisto acabo criticando muito e acabo não dando espaço para ver se o filme é realmente bom... Mas como sempre há exceções é bom dar uma chance, depois de todos esses elogios a esse remake eu acredito que tenha potencial, você sabe? Eu adoro seus posts então vou confiar em você kk Nossa, e você babando pela Kate e pela Jessica kkkkkkkkk adorei, e assim que eu tiver uma oportunidade irei assistir!

      Tem resenha nova lá no blog, quer ler? Desde já obrigada! Fallen In Me
      - MicaScarcella

    1. Rafaela disse...:

      Vc disse tudo, releituras são sempre tensas para quem já assistiu os originais e gostou. Esse foi o caso para mim, como vc tbm torço o nariz para o Colin e por isso ainda não assisti, mas ele está na lista dos filmes para as férias, rs.
      Um ótimo início de semana =)
      Bjus

      Rafa
      Rafaelando

    1. Joice N. disse...:

      Ainda não tive a oportunidade de assistir esse remake do filme, gosto muito do original, mas parece ser muito bom, a tecnologia acaba deixando os filmes com algo a mais as vezes, haha
      Acho que um dos unicos remakes que eu amei mesmo foi o da Fantástica Fabrica de Chocolate, que na minha opinião ficou melhor com o Johnny Depp haha
      Beijos ♥
      http://mydreamsofasummernight.blogspot.com.br/

    1. Amanda Souza disse...:

      Eu não assisti ainda a releitura, não tive a oportunidade, mas vou tentar assistir. Eu gosto bastante do original. Na verdade, acho besteira as pessoas ficarem julgando quando um filme é refeito, afinal, até mesmo uma suposta 'cópia' tem que ter um 'quê' de originalidade.
      Concordo contigo, muitas vezes a gente deixa que as pessoas ditarem como viver a nossa vida, principalmente nos dias atuais, com essa coisa de redes sociais e fingir felicidade pelo mundo afora.
      Beijinhos

      hiperbolismos.blogspot.com

    1. Leandro de Lira disse...:

      Oi!
      Eu não assisti esse filme. AINDA. Pretendo assistir só por causa dos seus comentários. Eu curto o trabalho do Colin, porém não assisti a todos os seus filmes. Adoro Kate e Jessica! *-*
      Gosto dos filmes que ambas fazem e as admiro muito como atrizes.
      Abraço!

      "Palavras ao Vento..."
      www.leandro-de-lira.com

    1. Kelly Siqueira disse...:

      Oii Heitor, meu querido!!

      Pra ser honesta não assisti a nenhuma das versões do filme.
      Mas gosto de remakes, principalmente pelo fato que você citou, a tecnologia e visão de outro diretor. Gosto de ver as coisas por um novo ângulo.

      Gostei bastante da análise que você fez com relação ao filme e ao Raizes Firmes. Gostei mesmo!

      Ah, e AMO o Farrell <3 rs

      beijos, beijos

    1. Desbravadores de Livros disse...:

      Ainda não tive a oportunidade de assitir, mas parece ser tão bom quanto o primeiro, ou até melhor.

      Abraço.

      M&N

    1. Marcos Mariano disse...:

      Confesso que até hoje estou tentando assistir a esse filme, assisti ao primeiro com Arnold Schwarzenegge, e estou muito curioso para ver esse remake, mas todo filme que encontro para baixar na net esta com áudio e imagem ruim. Não sabia que a Jessica Biel estava nesse filme, sempre acompanhei o trabalho dela. Concordo com vc quando fala sobre remakes, acho que os remakes podem nos trazer uma nova perspectiva sobre aquilo que já vimos antes.

      E o final é realmente para refletir, e no que diz respeito de ditarem regras e padrões para nossa vida, posso dizer que o ser humano esta se tornando robotizado, vivendo em função não do que é bom para ele, mas do que vai lhe trazer status e reconhecimento dos que estão em sua volta, sendo manipulado por vontades que não são suas, mas sim de uma sociedade capitalista que o leva a consumir desenfreadamente.

      Abraços

    1. Felipe Paulo disse...:

      Boa tarde Heitor,

      Ainda não assisti esse filme, mas parece ser interessante.
      As pessoas a todo momento querem nos definir e nem sempre estão certas.
      Bela postagem, falar de filme é bom.

      Abraços, abençoada tarde! :)

    1. Nadine Guerra disse...:

      Puuuuuuts que vontade de ver esse, adorei o post!

      Beijos,

      http://www.depoisquecrescemos.com/

    1. - marina :) disse...:

      Nem vi no cinema, mas fiquei muito afim de ver na epoca. E agora, então! UHEUEHUE
      beijo

      Marina Alessandra do blog Maior de Idade
      @mariinaale

    1. Escuta Essa disse...:

      Eu também vi esse filme e confesso que fiquei desconfiada por ser um remake, eu sou da época do filme original.
      O original foi bárbaro, perfeito!
      Já o remake, achei bom, com cenários amplos de complexos e ideias legais, mas faltou peso, cenas marcantes e etc.
      Parabéns pela sua resenha,ficou ótima.

      Beijinhos
      Renata
      http://escutaessa.blogspot.com.br
      http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
      @blogescutaessa

    1. Leeticia disse...:

      Já parte das versões anteriores desse filme, mas nunca me interessei realmente, mas quando vi o trailer desse filme eu achei ele muito legal.
      Muito bom o post, o filme deve ser bom.
      Beijos
      neversaynever-believe. blogspot.com.br

    1. Alquimista de Sonhos disse...:

      Kate Backinsale é muito linda <3 ela em Click, então...
      Enfim, geralmente nunca gosto de primeira de filmes assim kkkk Só depois que assisto mesmo :P Espero gostar desse!

    1. Alquimista de Sonhos disse...:

      Ahhh acabo de notar que já assisti esse filme! Hahahaha Gostei muito!!!

    1. Emilie S. disse...:

      opa,me interessei!

    1. Wagner Noya disse...:

      Muito legal já assisti as versão antigas e adoro esse filme to louco para assistir esse sem dúvidas deve ser incrível.
      Da uma passadinha no meu blog ?
      -> Estilo 4 U

    1. Bruno disse...:

      Ainda não vi, mas espero ver, vou ver se baixo.
      Não vi a versão antiga, mas tem uns remakes que eu curto sabe, acho q naum é de todo ruim, enfim

      Abraços

    1. Jéssica Patrício disse...:

      Olá Heitor, eu assisti esse filme no cinema, e eu gostei bastante, mas sou suspeita para falar por que adoro filmes futuristas, e acho que cada ator se encaixou perfeitamente bem nos personagens :)) ótima análise do filme!

      beijos

      Jéssica - Strawberry de livros e filmes

    1. Lucas disse...:

      Adorei a indicação. Por mais estranho que pareça ainda nao tinha escutado falar.

      Lucas / Era uma vez

    1. Naty Araújo disse...:

      É incrível, mas a maioria das pessoas que eu converso sobre filme, já me falaram desse.
      Eu fico super curiosa pra assistir e nem a sinopse tinha lido hahahahaha.
      Gostei da comparação que você fez do filme ao blog, a nossa vida em geral e com Deus, em especial.
      Afinal, se não temos uma vida baseada nEle e de forma diferenciada, de nada vale.

    Postar um comentário

    LinkWithin

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...